Terça-feira, Agosto 9, 2022

A Vitol Perspectiva um Aumento no Preço do Petróleo Devido a Escassez de Oferta de Crude no Mercado

Must read

A maior trader de energia do mundo “ Vitol ” prevê um ligeiro aumento no preço do petróleo bruto à medida que os cortes de produção da OPEP e as sanções norte-americanas vão causando uma escassez de petróleo pesado de baixa qualidade e preferencial de muitas refinarias.

Haverá uma insuficiência na oferta de petróleo no mercado até o terceiro trimestre de 2019, uma vez que o mercado está cada vez mais dividido. Os produtores de petróleo de xisto estão a preencher o mercado com petróleo leve de alta qualidade, alimentando o excesso crescente que está a redimensionar a industria global de petróleo e gás. Os refinadores que investiram bilhões para lucrar com o processamento de petróleo pesado de baixa qualidade estão a pagar a prémio e sem precedente, para adquirir o crude pesado de que precisam.

Há uma queda acentuada na oferta de petróleo pesado nos mercados internacionais. O enigma do crude pesado está a transformar os padrões tradicionais dos preços do mercado. O Brent-Dubai, que reflecte o crude pesado, foi comercializado ao preço mais baixo dos últimos anos.

O descompasso entre o crude leve e pesado é uma boa noticia para os gigantes da OPEP como a Arabia Saudita e o Iraque, que não produzem petróleo leve e doce. Os automobilistas também podem se beneficiar, uma vez que o excesso de petróleo leve aumenta a oferta de gasolina no mercado a preços mais baixos. Por outro lado, os camionistas sofreriam uma carga mais pesado, já que o diesel é produzido através do petróleo pesado.

As estimativas da Vitol apontam para uma incerteza no quarto trimestre de 2019 devido a uma certa quantidade de petróleo que aguarda condições logísticas que permitam a sua exportação. Os poços perfurados, mas não completados, podem entrar em produção a medida em que se constroem novas pipelines que ligam a bacia Permian com a costa do Golf do México. O aumento da demanda é outro factor de incerteza atendendo a baixa do crescimento económico. A Vitol prevê um crescimento no consumo mundial de apenas 1,1 mbpd em 2019, abaixo dos 1,5 mbpd alcançado em 2018. 

A Vitol é a maior trader independente de petróleo do mundo e movimenta mais de 7 mbpd, suficiente para atender o consumo combinado da Alemanha, França, Espanha e Itália. (Bloomberg).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes