Domingo, Agosto 14, 2022

Alemanha Intensifica às Relações Bilaterais com Senegal no Domínio do Sector Energético

Must read

A Alemanha pretende trabalhar com o Senegal no desenvolvimento de um campo de gás offshore em meio ao grave impacto que o conflito Rússia-Ucrânia está a causar no fornecimento e nos preços globais das commodities de energia. 

O chanceler alemão Olaf Scholz iniciou recentemente a sua turnê por várias nações africanas, incluindo uma visita ao Senegal, Níger e África do Sul. O país da Europa Ocidental tenciona aprofundar as suas relações económicas com os países africanos, especialmente no domínio das energias, investimento e comércio. Como parte da visita ao continente africano, a primeira parada do chanceler alemão foi o Senegal, onde foi recebido pelo presidente senegalês, Macky Sall, em Dakar, a capital do Senegal. Os dois chefes de governo abordaram questões bilaterais e internacionais, além do sector energético e de como ambos os países podem cooperar no domínio das energias renováveis, tecnologias de armazenamento e projectos de GNL. 

De acordo com o presidente senegalês, o Senegal está aberto para trabalhar com a Alemanha na exploração de gás e financiamento de novos projectos de energia. A previsão é que a produção de LNG do país africano atinja 2,5 milhões de toneladas no próximo ano e 10 milhões de toneladas até 2030. 

Após a invasão da Ucrânia a questão da segurança energética passou a estar no topo das agendas dos governos europeus. A Alemanha tem procurado várias maneiras de reduzir a sua dependência do gás russo, sendo que continua a trabalhar em várias frentes para conseguir esse feito. As estimativas apontam que África poderá atingir o pico de produção de gás em 470 BCM até o final da década de 2030, equivalente a cerca de 75% da quantidade esperada de gás produzido pela Rússia em 2022. 

Espera-se que o Senegal se torne num grande produtor de gás na região. O projecto Tortue Ahmeyim LNG, liderado pela bp, localizado na fronteira marítima Mauritânia-Senegal, já está 75% concluído e o mesmo está a ser desenvolvido em fases, sendo que a 1ª terá capacidade de 2,5 MT/ano. Os recursos de gás recuperável no campo de Tortue estão estimados em 15 TCF.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes