Terça-feira, Agosto 9, 2022

Apresentação da Conferência de Gerenciamento de Água Produzida, África (Nigéria)

Must read

A sociedade da Água produzida, uma organização que promove conferências na América do Norte e Médio Oriente, reunindo profissionais de Petróleo & Gás, focados em questões da água produzida, realizou o seu mais recente evento na da Nigéria em colaboração com a Rev-Management e a PETROANGOLA.  

Este evento foi realizado, devido a existência de um número significante de produtores de petróleo em toda a África que buscam aumentar sua produção a partir de preços baixos, o que duplica as despesas de capital nos próximos 5 anos, daí era importante que os profissionais da indústria de Petróleo & Gás de África, estivessem a par das tendências emergentes do sector, promovendo as melhores práticas, através de novas tecnologias e abordagens para gestão da água produzida em todo o continente. 

A conferência reuniu mais de 250 delegados em todo o mundo, 40 palestrantes e oradores, 21 empresas operacionais na indústria de petróleo mundialmente reconhecidas, 16 empresas operacionais e expositores e jovens profissionais.  

Participaram um total de 17 países, incluindo a Nigéria, Estados Unidos da América, Escócia, Angola, Noruega, Argélia, Reino Unido, Egipto, Canadá, Africa do Sul e Médio Oriente. Estiveram presentes 5 palestrantes, líderes da Mídia Internacional da Nigéria, representados por Wofai Samuel, nesta que foi marcada como sendo a primeira conferência do género para África e em África.  

O evento durou no seu todo 3 dia, incluindo um jantar de gala, acompanhado de networking. O discurso de boas-vindas foi o pontapé de saída da cerimónia, presidido porr Steve Coffee, representante da Exterran USA, que também actua como vice-presidente da Sociedade de Água Produzida e Presidente técnico da conferência. Coffee, destacou o papel das empresas internacionais e nacionais de petróleo no benchmarking das melhores práticas e desafios com estudos de caso. Ele exortou aos fornecedores de tecnologias em todo o mundo e em todo o continente, que demonstram suas inovações tecnologias e avanços no gerenciamento da água produzida, que será empregada no continente africano.  

A apresentação principal de Wofai Samuel, abordou o tema: “Desbloquear os Potenciais de África, na Gestão da Água Produzida – Oportunidades e Possíveis desafios”. A escassez de água doce, na exploração e produção de petróleo nos 10 principais países produtores de petróleo de África, exige uma necessidade urgente de reciclar e reutilizar a água produzida, como resultado, existem várias oportunidades para os investidores, especialmente com a tendência crescente da exploração de petróleo em todo. 

Um dólar investido em água produzida tem um retorno, económico potencial de $334. A perspetiva de crescimento de África em um mês pode obter benefícios brilhantes para o mundo até 2023, com os países que mais crescem em 2019. Wofai, incentivou ainda a indústria de Petróleo & Gás, as agências reguladoras estatais e federais, que colectam dados sobre a água produzida, a tornar esses dados mais prontamente disponíveis e acessíveis para pesquisa. 

Durante o evento foi exortado a estimulação de novas pesquisas na determinação, com objectivo de promover a qualidade para reutilização da água produzida e expandir ainda mais o uso de água produzida, de maneira que proteger o meio ambiente e a saúde pública.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes