Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

BP Regista Maior Lucro em 8 Anos

A BP se tornou a mais recente supermajor a registar lucros significativos em 2021 devido à alta dos preços do petróleo e gás verificada nos mercados internacionais, tornando-se no seu maior lucro líquido anual dos últimos 8 anos. 

O seu proxy para lucro líquido saltou para $12,8 bilhões em 2021 em comparação a perda avaliada em $5,7 biliões em 2020. A supermajor do Reino Unido também registou um lucro maior do que o esperado para o 4º trimestre de 2021 em cerca de $4,1 biliões em relação aos $3,3 biliões alcançados no 3º trimestre do mesmo ano e muito acima dos $115 milhões registados no 4º trimestre no período homólogo.

Em média, com base nas previsões atuais da BP em torno de $60/BBL face ao Brent e sujeito à discrição do conselho trimestral, a BP espera poder recomprar as ações de cerca de $4,0 biliões por ano e ter capacidade para um aumento anual nos dividendos por ação ordinária de cerca de 4% até 2025. As despesas de capital em 2021 fixaram-se em torno dos  $12,8 biliões, enquanto que para 2022 é estimado um capex em torno dos $14-15 biliões, e um intervalo estimado de $14-16 biliões anualmente até 2025.

Está em curso  uma transformação para uma empresa de energia integrada, com um foco e uma classificação mais apurada dos seus negócios de hidrocarbonetos, crescendo em conveniência e mobilidade e construindo com disciplina um negócio de energia de baixo carbono, agora com mais de 5 GW em projetos eólicos offshore e significativas oportunidades em hidrogênio. Numa atualização sobre o progresso de sua estratégia net-zero, a BP prevê um crescimento de investimento em negócios face à transição energética superior a 40% do capex até 2025.
A BP também anunciou metas de redução de emissões mais ambiciosas, principalmente em reduzir as emissões operacionais em 50% até 2030, em comparação com a meta anterior de redução de 30-35%. A BP agora também visa reduzir as emissões de CO2 no ciclo de vida dos produtos energéticos até 2050 ou antes, em comparação com o objetivo anterior, que visava uma redução de 50% da intensidade de emissões.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes