Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

Chevron Registra Pior Perda Desde 1989

A Chevron Corporation (NYSE: CVX) registrou na última Sexta-feira uma perda líquida de $8,3 biliões no 2º trimestre deste ano, devido à redução das perspectivas de preços das matérias-primas e a redução das suas operações na Venezuela devido às sanções norte-americanas. 

Esta perda líquida de $8,3 biliões da Chevron compara-se com os lucros de $4,3 biliões no 2º trimestre de 2019, tornando-se na pior perda da supermajor norte-americana desde pelo menos 1989.  

As perdas líquidas incluem imparidades e outros encargos líquidos de $1,8 biliões, na sua maioria associados a revisões em baixa das perspetivas dos preços dos produtos da Chevron, tendo em conta o colapso da procura e as incertezas sobre a recuperação económica. A Chevron segue as principais empresas europeias em taxas de imparidade de reserva, depois de ter revisto em baixa as suas perspetivas para os preços de petróleo e gás natural. 

De acordo com Michael Wirth, presidente do conselho de administração e CEO da Chevron, com as incertezas associadas à recuperação económica e o amplo fornecimento de petróleo e gás, fez-se uma revisão em baixa das nossas perspetivas de preços dos nossos produtos, o que resultou em imparidades de activos e outros encargos.  

Para além das imparidades resultantes da revisão dos pressupostos de preços, a Chevron também prejudicou totalmente o seu investimento de $2,6 biliões na Venezuela, devido às incertezas sobre o ambiente operacional actual e as perspetivas globais. Outra taxa de $780 milhões veio de várias especializações, uma vez que a Chevron planeia cortar 13%, ou cerca de 6.000 postos de trabalho. 

Sem os encargos com imparidades, a Chevron registou uma perda ajustada de $3,0 biliões, cerca de $1,59/acção durante  o 2º trimestre de 2020, em comparação com os lucros ajustados de $3,4 biliões do 2.º trimestre de 2019. 

A perda ajustada de $1,59/acção da Chevron no último trimestre foi pior do que as estimativas dos analistas de uma perda de $0,93/acção . A supermajor norte-americana também alertou que os maus resultados financeiros podem arrastar-se para este trimestre.  

Embora os preços da procura e das matérias-primas tenham dado sinais de recuperação, ainda não estão de volta aos níveis pré-pandemias, sendo que os resultados financeiros podem continuar a ser deprimidos ao longo do 3º trimestre de 2020. 

Todos as supermajors apresentaram resultados sombrios para o 2º trimestre, mas algumas delas, como a Shell e a Total, conseguiram evitar perdas ajustadas graças ao forte poder de negociação que amorteceram o golpe dos baixos preços do petróleo. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes