Domingo, Agosto 14, 2022

Governo Iraquiano Obriga Empresas Estrangeiras a Cortar Produção de Petróleo

Must read

O governo iraquiano abordou as companhias internacionais de petróleo que operam em alguns dos maiores campos de petróleo do país, para reduzir ainda mais a produção de petróleo. A BP opera o campo Rumaila na parte sul do país, irá reduzir mais 10% da produção. Rumaila é o maior campo de petróleo do Iraque e produz cerca de 1,5 mbpd. 

A quota de produção do Iraque sob o último acordo da OPEP+ é de  3,6 mbp, no entanto, o 2º maior exportador de petróleo da OPEP excedeu a sua produção em 600.000 bpd no mês de Maio. 

Outra empresa que aceitou em reduzir a sua produção foi a Lukoil, com uma redução adicional de 50.000 bpd no bloco Qurna-2, depois de uma redução anterior no campo sul de cerca de 70.000 bpd em Maio. Com os cortes adicionais a produção no Qurna-2 irá sofrer um declínio de cerca de 275.000 bpd. 

A Exxon opera em West Qurna-1, outra empresa que também concordou em reduzir a sua produção em cerca de 700.000 bpd.  

O Iraque não ultrapassou o limite de produção estipulado no acordo da OPEP+, tornando-se num membro imcumpridor. Na última reunião do cartel, a Arábia Saudita mostrou claramente o seu desconforto com Iraque e a Nigéria, insistindo que os 2 países não apenas aprofundassem os cortes de produção, como também compensar o excesso de petróleo produzido no mês de Maio com  cortes adicionais. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes