Quarta-feira, Setembro 28, 2022

Guiné-Conacri Prepara a Primeira Grande Rodada de Licitação Com 22 Blocos Offshore

Must read

A indústria de hidrocarbonetos da Guiné-Conacri está a ganhar força e destaque no cenário energético mundial, à medida que o país africano se prepara para lançar um concurso público de licitação para 22 blocos offshore inexplorados. 

Embora os termos da licitação estejam actualmente a ser finalizados através do Escritório Nacional de Petróleo da Guiné-Conacri, os novos detalhes sobre a primeira grande rodada de licitação de 22 blocos devem ser divulgados brevemente na sessão de mesa-redonda antecipada que abordará especificamente sobre o lançamento dos novos blocos no mercado. 

De acordo com a Carta de Recursos Naturais da Guiné, a renovação das licenças de exploração está entre as principais prioridades de desenvolvimento da nação. A proposta de licitação de 22 blocos representa uma grande oportunidade para a Guiné-Conacri desbloquear o seu potencial petrolífero e melhorar o ambiente socioeconómico local.  Estima-se que a área de 55.500 km2 já explorada na zona offshore do país é apenas a ponta do iceberg, já que existe um vasto potencial inexplorado a ser descoberto e a duplicação do orçamento nacional de petróleo do governo guineense para $1,2 milhão em 2019 sinaliza o compromisso do país em desenvolver o seu sector energético. 

Embora os 5 poços de pesquisa perfurados até o momento não tenham resultado em uma descoberta de petróleo comercialmente explorável, a recente descoberta de 1,5 bilião de barris de petróleo na Gâmbia feita pela empresa australiana de petróleo e gás FAR Ltd, tem servido de impulso para a nação da África ocidental continuar a apostar fortemente no desenvolvimento da sua indústria.  

A Margem Atlântica do Noroeste Africano, a bacia do MSGBC que engloba os países da Mauritânia, Senegal, Gâmbia, Guiné-Bissau e Guiné-Conacri, verificou na última década sucessivas descobertas com volumes de classe mundial, mais precisamente as descobertas de 20 Tcf gás natural no campo offshore Yakaar-Teranga, 13 Tcf em BirAllah, 15 Tcf no projecto Greater Tortue Ahmeyim e 500 MMBBLS no campo Sangomar.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes