Domingo, Outubro 2, 2022

Malásia Prepara-se Para Liderar O Mercado Global De Gás Natural em 2025

Must read

A Malásia vai contribuir com cerca de 12%da produção global de gás natural, o equivalente a 88 Mm3/dia, tendo em conta os principais projectos offshore planeados e anunciados que deverão iniciar as operações entre 2021 e 2025.

No ano de 2025, espera-se um volume de produção de gás natural de cerca de 67 Mm3/día, a partir de projetos com planos de desenvolvimento já identificados, e outros 28 Mm /dia de projectos anunciados que estão em fase de estudos conceituais e que aguardam por aprovação para o desenvolvimento. Avança-se um número de 19 projectos de gás natural que estarão operacionais na Malásia entre os anos 2021-2025, destacando-se os projectos de referência como oKasawari, Jerun e B14, que deverão contribuir coletivamente com cerca de 50% da produção total de gás natural do daquele país até 2025.

A indústria de petróleo e gás sofre uma transformação devido a necessidade de se garantir a sustentabilidade energética, apoiada pelos impactos da pandemia. Os países enfrentam questões ambientais e económicas, nomeadamente energia renovável, descarbonização e energia limpa, o que significa que os projectos de gás natural proporcionarão oportunidades de alto valor no curto e médio prazo.

Por outro lado, o Irão foi identificado como o 2º maior produtor de gás natural do mundo, com uma capacidade de processamento de 76 Mm3/dia, seguido pelo Qatar com uma produção de 74 Mm3/dia, esta avaliação inclui os projectos   offshore planeados e anunciados que entrarão em operação até 2025.

Entre as empresas com maior potencial destacam-se a Qatar Petroleum com uma produção global de 74 Mm3/dia, National Iranian Oil Co. com uma produção diária de 68 Mm3/dia e a Shell com uma produção de 34 Mm3/dia.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes