Domingo, Outubro 2, 2022

Membros da OPEP Pretendem Aprofundar os Cortes de Produção em Junho

Must read

Os Emirados Árabes Unidos irão reduzir adicionalmente 100.000 bpd no mês de Junho, depois de já terem reduzido a produção de 3,8 mbpd para 2,4 mbpd no mês de Maio, de acordo com o seu compromisso com a coalizão OPEP+. 

A produção do mês de Abril dos EAU atingiu mais de 4 mbpd, em resposta a anterior intenção da Arábia Saudita de adicionar crude em excesso na oferta global de petróleo, numa época em que o mundo estava em confinamento para reduzir os níveis de contaminação por coronavírus, o que levou a depressão da demanda por petróleo. 

A Arábia Saudita também declarou uma redução adicional além do previsto nos cortes da OPEP+. De acordo aos cortes de produção da OPEP+, a Arábia Saudita prometeu reduzir a sua produção para 8,5 mbpd, mas nesta semana declarou que irá reduzir para 7,492 mbpd em Junho, uma demonstração de solidariedade ao mercado petrolífero. 

O Kuwait também anunciou que irá reduzir ainda mais do que o acordado em sede da OPEP+, um corte adicional em mais de 80.000 bpd em Junho. 

Se por um lado, a decisão de cortes adicionais por parte da Arábia Saudita, Kuwait e os Emirados Árabes Unidos foi visto como uma acção solidária, por outro lado, também é vista como uma acção fora de opções, uma vez que esses países produtores de petróleo do Médio Oriente encontram-se  sem compradores. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes