Sexta-feira, Dezembro 9, 2022

Must read

- Publicidade -spot_img

Mais Artigos

OPEP Adverte que Substituir o Petróleo Russo Será Quase Impossível

A União Europeia reuniu-se nesta última segunda feira, 11 de abril, em Viena, com a Organização dos Países exportadores de Petróleo, a fim de discutirem sobre o potencial da organização em aumentar os actuais níveis de oferta de petróleo no mercado, uma vez que a UE procura maneiras de intensificar as sanções contra a Rússia nos próximos dias, inclusive por meio de um embargo de petróleo. 

De acordo com o secretário-geral da OPEP, Mohammad Barkindo, considerando as perspectivas actuais da demanda mundial, seria quase impossível substituir o petróleo russo, pois que uma possível proibição das importações de petróleo da Rússia implicaria numa perda de mais de 7 MBPD do fornecimento de petróleo russo e outros líquidos, um alto volume difícil de repor no curto prazo. 

Recentemente, a UE, e outros países consumidores de petróleo pediram incessantemente à OPEP que aumentasse a produção do crude de formas a fazer face aos altos preços nos mercados internacionais, mas até agora, o grupo decidiu manter seus aumentos de produção de petróleo acordados de apenas 400 KBPD, justificando que as questões de mercado são geopolíticas e não fundamentais, portanto, está além do controle da organização.

Na semana passada, a UE proibiu as importações de carvão da Rússia, que começaram a vigorar a partir de agosto deste ano. A Comissão Europeia está agora a trabalhar para garantir que o embargo de petróleo faça parte do próximo pacote de sanções sobre a Rússia, embora a Europa esteja dividida por conta do embargo de petróleo imediato, já que acredita-se que uma possível proibição do petróleo do russo mergulharia a comunidade europeia em uma profunda recessão económica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes