Sábado, Novembro 26, 2022

Must read

Mais Artigos

Preços dos Navios Petroleiros Caem 50%

A taxa diária dos fretes de navios petroleiros da Arábia Saudita para a China caiu mais de 50% para cerca de $100.000, resultante da entrada em vigor dos cortes de produção da OPEP+, que objectiva a retirada de 9,7 mbpd em excesso no mercado petrolífero. 

Embora os proprietários e operadores de navios-tanque verifiquem uma redução nos volumes de petróleo a serem transportados das áreas de produção para os países importadores de petróleo devido a limitação na armazenagem e consumo, a indústria de transporte de petróleo espera que o seu negócio continue a ser apoiado pela mercadoria mais procurada no globo. 

As unidades de armazenamento flutuante em todo o mundo encontram-se cerca de 85% preenchidas, nível mais alto de todos os tempos, uma vez que os traders reservam navios-tanque para usar como armazenamento flutuante, de modos a aproveitar a estrutura contango do mercado e vender o petróleo numa data posterior, quando os preços estiverem mais altos.

Existe um recorde de 160 mmbbls de petróleo armazenados em unidades de armazenamento flutuante desde os meados de Abril, o dobro do volume de petróleo armazenado em navios no início do mês.

Os proprietários dos superpetroleiros foram os primeiros vencedores da guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia. A busca frenética por armazenamento atualmente favorecem as taxas cobradas pelos petroleiros. No entanto, as perspectivas da demanda dos petroleiros do 2º semestre deste ano até 2022 cairá significativamente devido à redução da oferta de petróleo e ao próximo ciclo de desestocagem. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes