Segunda-feira, Novembro 28, 2022

Must read

Mais Artigos

Preços Negativos – O que Realmente Está a Acontecer?

Os preços do WTI caíram abaixo de zero, fechando o dia em -$37/bbl, um colapso sem precedentes. No entanto, existem circunstâncias atenuantes para esses números poucos animadores.

Os preços do WTI reflectem o contracto para o mês de Maio, que expira nesta semana. O colapso é um reflexo dos traders que abandonaram os contractos de Maio e passaram para o contracto de Junho. O contracto de Maio foi pouco negociado e perdeu alguma relevância, numa altura em que o contracto de Junho, negociado a $20/bbl a partir de segunda-feira, torna-se agora prioridade dos traders. 

Outro sim, é difícil ignorar os números históricos transaccionados nos mercados. À medida que os contractos futuros expiram, eles tendem a convergir com a realidade do mercado físico. Os preços foram negativos porque o mercado físico de Oklahoma e Texas está muito sobrecarregado com petróleo. A OPEP + concordou com cortes históricos na produção, mas não em Abril. De qualquer forma, os cortes enfraquecem em comparação com o declínio na demanda. Mas uma combinação com os efeitos da guerra de preços no lado da oferta, colidem com as profundidades da destruição da demanda ao mesmo tempo.

O resultado é realmente feio. Ninguém quer a entrega física do WTI para Maio e, com as opções de armazenamento diminuindo em alguns lugares, os traders liquidaram suas posições, vendendo contratos com descontos muito acentuados. Com o contracto a expirar na terça-feira, ninguém quer ficar com volumes de petróleo em mão, causando uma incapacidade de realmente aceitar-se a entrega física, levou com que os traders pagassem para escoar a produção. 

A destruição intradiária do WTI hoje é certamente épica em escala, o que é em grande parte um caso de desespero e especulação antes do contracto futuro do WTI de Maio de 2020 expirar e os temores de armazenamento finalmente se materializarem. Não obstante,  se observarmos os preços físicos à spot no Mar do Norte, actualmente negociados na faixa de $15-18/bbl, essa queda nos preços futuros do WTI em Maio não é tão chocante.

Por um lado, os preços negativos são atribuídos a uma estranha posição pontual do mercado, uma confluência de estreias históricas devido a uma guerra de preços, pandemia e espiral econômica descendente. O desenvolvimento bizarro do mercado pode ser esquecido rapidamente, à medida que os traders seguem os contractos do WTI de Junho, que está a ser negociado a $20/bbl. Embora Junho não pareça tão catastrófico, o petróleo ao preço de $20/bbl não é um preço pelo qual a maioria das companhias consigam sobreviver por um longo período de tempo. 

Por fim, o mercado continua à mercê da pandemia. Biliões de pessoas estão confinadas. A demanda por combustíveis rodoviários na Índia caiu 50%, um reconhecimento crescente de que o choque à demanda será mais longo do que o anteriormente estimado. Em Abril, pelo menos, a demanda cairá 29 mbpd.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes