Domingo, Outubro 2, 2022

Reino Unido Decidiu não Suspender Exploração de Petróleo no Mar do Norte

Must read

O Reino Unido decidiu não interromper a exploração de petróleo no Mar do Norte, apesar das recomendações da  IEA (International Energy Agency) de que não deve haver investimento em petróleo e gás se o mundo quiser reduzir as emissões de CO2 até 2050.

O Reino Unido vai sediar a conferência das Nações Unidas em Novembro, a ter lugar em Glasgow, Escócia, na qual é atribuída à IEA a responsabilidade de formular uma estratégia eficiente em como atingir as metas correspondentes até 2050.

Uma das recomendações da IEA visa interromper a alocação de capital  para novos projectos de petróleo e gás. Em contrapartida, o Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial do Reino Unido afirma que está determinado em reduzir a demanda por combustíveis fósseis, mas ainda assim continuará a haver uma necessidade por  petróleo e gás.

As licenças concedidas recentemente não serão canceladas, e quaisquer licenças no futuro serão concedidas apenas às companhias cujos planos de negócios estejam alinhados com as amplas ambições do governo para as mudanças climáticas.

De acordo aos dados compilados, interromper a exploração de petróleo & gás no Reino unido seria uma grande desvantagem para a transição energética em andamento, o que levaria a uma  redução da resiliência do país e aumentaria a sua dependência às importações de países cujas emissões de carbono não são  reguladas , ou carecem de regulamentações ambientais mais eficientes.

Embora o Reino tenha decidido continuar com as actividades exploratórias de petróleo e gás, mas em contrapartida concordou com a estratégia da AIE no que tange a mais investimentos em energia renováveis, nomeadamente o CCUS (Carbon Capture, Use and Storagee) e células de hidrogênio.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes