Domingo, Outubro 2, 2022

Sanções Americanas Custam $10 Bilhões ao Irão em Receitas

Must read

As sanções norte-americanas impostas ao Irão em Novembro último já resultaram numa perda na ordem dos $10 biliões nas receitas petrolíferas do Irão. Esta informação foi avançada dias depois dos Estados Unidos anunciarem o fim das isenções dadas aos principais países importadores do crude iraniano, dentre os quais a Índia, China, Japão e a Coreia do Sul.

Antes das sanções, o Irão anualmente gerava cerca de $50 bilhões em receitas petrolíferas e exportava cerca de 4 mbpd de crude, e era um dos maiores produtores da OPEP. Estima-se que com a implementação das sansões, o Irão já tenha perdido $10 biliões e exporta apenas 1 mbpd.

A Arábia Saudita, EAU e o Iraque afirmaram estar prontos para preencher o buraco deixado pelo crude iraniano após o término das isenções, mas A China parece não estar disposta a respeitar o término das isenções e poderá continuar a comprar o crude iraniano. A Índia já procura  novos fornecedores para compensar o corte do petróleo bruto iraniano. A Coreia do Sul e o Japão não esperam grandes impactos no fim das isenções a compra do petróleo bruto iraniano.

A redução das exportações de crude iraniano irão com certeza manter os preços altos no mercado, perto daquilo que é o desejo da Arábia Saudita e outros membros da OPEP, facto que contrasta a posição dos Estados Unidos de América. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes