Domingo, Agosto 14, 2022

Sonangol Adjudica Concurso Anual de Derivados de Petróleo à Trafigura e a Total

Must read

Angola contractou a petrolífera francesa Total e a Trafigura para fornecer as importações de produtos petrolíferos chaves, como o gasóleo, a gasolina e o gasóleo marítimo, nos próximos 12 meses.

Angola é o 2º maior produtor de petróleo da África, e é fortemente dependente de importações de produtos refinados, o que levou a experimentar uma crise de combustível nas últimas semanas.

A Total fornecerá gasolina para Angola nos próximos 12 meses, enquanto a Trafigura será responsável pelas importações de gasóleo e gasóleo naval. Angola depende das importações de produtos refinados para mais de 80% da sua demanda total devido à falta de capacidade de refino.

No âmbito do concurso anterior (2018/2019), a Total fornecia ao país 1,2 milhões de toneladas de gasolina, enquanto a Glencore era responsável pelas importações de 2,1 milhões de toneladas de gasóleo e 480.000 toneladas de gasóleo marinho. A Trafigura perdeu a Sonangol como seu principal cliente de produtos refinados no concurso de 2018/19.

A Total tem um importante papel no sector upstream de Angola, operando alguns dos seus principais campos petrolíferos em águas profundas, enquanto a Trafigura é um comerciante activo de produtos petrolíferos brutos e refinados no sul e oeste da África.

A Sonangol anunciou que emitiu um concurso no final de Fevereiro com 29 empresas convidadas, incluindo aquelas que actualmente fornecem os respectivos produtos, para garantir a competitividade e eficiência de resultados necessários. Nove empresas foram pré-seleccionadas, incluindo a BB Energy, a BP, a Eni, a Glencore, a Gunvor, a Litasco e a Vitol, bem como a Total e a Trafigura.

No início deste mês, o presidente angolano, João Lourenço, iniciou uma reorganização na Sonangol, demitindo Carlos Saturnino como presidente e removendo outros altos executivos, já que o país sofria uma grave escassez de combustível.

Foi a 2º vez em menos de 2 anos que a liderança da Sonangol sofreu alterações, A Sonangol está sob pressão financeira nos últimos 5 anos. O sector downstream angolano é o menos diversificado da África Subsaariana. (Platts).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes