Domingo, Outubro 2, 2022

TotalEnergies e Inpex Vendem Activos Petrolíferos em Angola

Must read

A companhia francesa TotalEnergies e a japonesa Inpex Corporation assinaram um acordo que visa transferir as suas participações no Bloco 14 e Bloco 14K para a empresa angolana Somoil.

A Somoil vai adquirir a empresa Angola Block 14 B.V, propriedade da TotalEnergies Holdings International B.V. com 50,01% e da Inpex Angola Block 14 Ltd com os restantes 49,99%. A Angola Block 14 B.V tem uma participação não operacional em activos petrolíferos em fase de maturação em offshore, nomeadamente os campos Kuito e Lianzi, ao mesmo tempo que Campos-chaves como Cabinda, Dalia, Nemba, Girassol, Hungo, Kissanje, Pazflor e Plutonio também apresentam uma fase de declínio e amadurecimento.

O Kuito foi o primeiro campo petrolífero em águas profundas de Angola, mas a produção parou no final de 2013. No Bloco 14 estão incluídos os campos Benguela Belize–Lobito Tomboco, Belize Norte, Benguela Norte, Tombua, Landana, Campo de Lucapa e Campo de Malange.

Com este acordo, a Somoil terá acesso a esses blocos que já produzem desde 1999, com uma produção líquida de cerca de 9 KBD registada em 2021.

Ao desinvestir em campos que se encontram na fase de maturação, a TotalEnergies está a implementar a sua estratégia com o intuito de aprimorar o seu portfólio de activos petrolíferos com um foco em activos com baixas emissões de CO2, na qual ainda detém participações nos pólos de produção CLOV, Dália, Girassol e Pazflor, todos no Bloco 17, sendo que em termos de produção, Angola é o segundo maior produtor de petróleo da Total, depois dos Emirados Árabes Unidos.

A participação da Total na produção de petróleo angolana foi em média de 212 KBD em 2020, onde opera os blocos 17, 31, 16, 48, 20/11, 21/09 e tem participações nos blocos 0, 14, 14K e Angola LNG.

Nos últimos 8 meses a TotalEnergies deu arranque a novos prospectos nomeadamente Zínia fase 2 e CLOV fase 2,  com uma produção de ambos avaliada em  80 KBPD. A TotalEnergies prepara-se para perfurar o poço pioneiro de exploração Ondjaba-1 no Bloco 48, sendo que está em curso a finalização do desenvolvimento do campo de Chissonga no Bloco 16 com estimativas de cerca de 823 MMBBLSs in place.

SourcePlatts
- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

1 COMENTÁRIO

  1. Gostei da explanaçao da Empresa SOMOIL, por ser uma empresa Nacional a adquerir todos estes blocos. É uma empresa que com muita facilidade deixa outras pequenas empresa se exprimir e facilita a contrataçao dessas Agencias sem complicaçoes . para mim leva ponto 20/20 que a Somoil compra empresa Angola Block 14 B.V, propriedade da TotalEnergies Holdings , da Inpex Angola Block 14 Ltd e tudo mais, para o bem estar das empresas Nacionais que sao agencias prestadora de serviços na área.
    Espero que mas Empresas Nacionais o façam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes