Segunda-feira, Novembro 28, 2022

Must read

Mais Artigos

Angola Torna-se no Principal Fornecedor de Petróleo das Refinarias Independentes da China

Angola supera o Brasil e a Rússia como principal fornecedor de petróleo das refinarias independentes chinesas em Julho, com importações avaliadas em 1,84 mt. As importações angolanas subiram 18,8% no mês de Julho, situando-se 89,8% acima das importações realizadas no início de 2018.

Em Julho, 9 refinarias independentes importaram 9 ramas angolanas, Cabinda, Mondo e Saturno foram as três principais ramas importadas, sendo as restantes Sangos, Dussafu, Mostarda, Dália, Kissanje e Plutónio. Dentre essas ramas, a Mostarda chegou a Shandong-China pela primeira vez, com 132.000 tm importadas pela Jincheng Petrochemical. Mostarda e o novo tipo de crude angolano com um APIº 28.2 e teor de enxofre de cerca de 1.08%. 

Enquanto isso, as importações da Arábia Saudita atingiram cerca de 1,08 milhões de tm no mês de Julho comparados a 0 importações em Julho 2018.Com a abertura das operações da refinaria Hengli Petrochemical e da Zheijiang Petrochemical, as importações da Arábia Saudita e de outros países do Médio Oriente como Omã e o Iraque, provavelmente continuarão a crescer.

As importações totais dos 5 principais países ,Angola, Russia, Brasil, Arábia saudita e a Malásia representaram cerca de 62,4% do total das importações no mês de Julho da China. 

A análise abrange os barris importados por 38 refinarias com quotas e outras sem quotas, através dos portos, principalmente na província de Shandong, além de Tianjin, Zhoushan e Dalian. Essas refinarias receberam uma quota combinada de 123,32 milhões de tm até o início de Julho, que corresponde a 84% da alocação total do país para as refinarias independentes.

Ramas do Oriente Médio em Alta.

Apesar da queda no volume total da Rússia, a mistura ESPO manteve-se no topo das ramas em Julho, com 1,3 milhões de tm exportadas, embora 41,3% foram transportadas para refinarias independentes devido aos rendimentos relativamente maiores do gasóleo, cuja demanda foi mais alta. Os 13 carregamentos do crude ESPO foram importados por 6 refinarias independentes, com os principais compradores, Linjin Petrochemical e Hualian Petrochemical.

O crude Arabian Medium ficou em 2º lugar cerca de 810.000 tm, importadas pela Hengli petrochemicals, subindo 7,3% no mês de Julho. Outras ramas do Médio Oriente também aumentaram acentuadamente, incluindo Basrah light, Oman e Arabian light.

As importações do Basrah light aumentaram 149,6% no mês de Julho, para cerca de 674.000 tm, enquanto que as importações do Omã aumentaram 84,7 % para 759.000 tm. (Platts).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes