Sexta-feira, Dezembro 9, 2022

Must read

- Publicidade -spot_img

Mais Artigos

Petrobras Investe $460 Milhões Para Melhoramento de Refinarias

A petrolífera estatal brasileira Petrobras planeia aumentar os gastos com a manutenção de refinarias para níveis recordes em 2022, num cenário em que as vendas de refinarias encontram-se em andamento, assim como os projetos de expansão de ULSD ( Ultra-low-sulfur diesel).

A Petrobras espera gastar $460 milhões em 2022, superando o recorde anterior de $420 milhões atingido em 2021. Apesar das paralisações, a empresa afirmou que a utilização das refinarias atingiu o máximo em 5 anos, com 83% da capacidade em 2021.

O anúncio surge a meio da reestruturação no portfólio de refino da Petrobras, após o fim do monopólio em 2019 da empresa no segmento de refino do Brasil. A empresa decidiu vender 8 das 13 refinarias operadas pela empresa num acordo com os reguladores. Até ao momento já foi vendida uma refinaria e já foram assinados contratos para a venda de outras duas unidades adicionais. Duas vendas permanecem pendentes, enquanto a empresa espera iniciar o processo de vendas de 3 refinarias adicionais no 2º  semestre de 2022.

As paralisações em 2021 levaram a inspeções e trabalhos de manutenção em mais de 4.000 equipamentos. Os gastos com manutenção fazem parte de um plano de investir $6,1 biliões no sistema de refino da Petrobras nos próximos 5 anos. O plano inclui 3 grandes projectos no plano estratégico 2022-2026 visando o aumento da capacidade de produção, especialmente de produtos refinados de alta qualidade, como o ULSD.

O plano, divulgado em novembro, incluía o anúncio de que a Petrobras concluiria o 2º  trem de refino na Refinaria do Nordeste, ou RNEST, em Pernambuco. O projecto vai adicionar cerca de 95 KBPD na produção de ULSD.

O projecto de $1,2 biliões levará a refinaria, também chamada de Abreu e Lima, à capacidade total de 260 KBPD até 2027. A RNEST está actualmente limitada a processar cerca de 100 KBPD pelos reguladores devido a não instalação do conjunto completo de equipamentos de emissões atmosféricas da unidade.

A Petrobras também planeia integrar a Refinaria Duque de Caxias, ou REDUC, no estado do Rio de Janeiro, com a instalação de lubrificantes GasLub Itaboraí nas proximidades. O projecto adicionará 93 KBPD de ULSD e produção de combustível de aviação, bem como 12 KBPD de produção de lubrificantes de alta qualidade

Uma nova unidade de hidrotratamento também será instalada na Refinaria de Paulínia, ou REPLAN, em São Paulo, enquanto a empresa planeja ajustes na REDUC e na Refinaria Henrique Lage, ou REVAP, em São Paulo. Os 3 projectos combinados devem adicionar 132 KBPD de produção ULSD.

Os projectos a serem implementados posicionarão a Petrobras entre as melhores refinarias do mundo em termos de eficiência e resultados operacionais, com foco em produtos de alto valor e menor emissão de carbono.

SourcePlatts

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes