Segunda-feira, Novembro 28, 2022

Must read

Mais Artigos

ENI Aumenta Capacidade de Geração de Energia Eólica e Solar na Europa

A companhia de energia italiana expandiu o seu negócio de energia limpa através de com 2 grandes projectos de energia solar e eólica e na Espanha e na França, representando a mais recente evidência de que as principais empresas petrolíferas têm recuperado da crise da Covid-19 com a intenção de canalizar investimentos extras em energias renováveis. A ENI, tal como seus homólogos europeus, comprometeu-se a atingir a meta de emissões zero de CO2 até 2050.

A major italiana por meio de sua subsidiária ENI Gás e Luce, concordou em adicionar ao seu portfólio 1,2 GW de activos solares e eólicos da gestora de private equity -Azora na Espanha, A companhia, anunciou ainda a aquisição das operações de energia solar do grupo Dhamma Energy Group na França e na Espanha.

A pressão para reduzir as emissões de CO2 e ajudar a prevenir mudanças climáticas prejudiciais tem forçado as maiores empresas de energia do mundo a transformarem seus portfólios de negócio. Para além de impulsionar a produção de energia com baixo teor de CO2, as majors petrolíferas têm repensado sobre o futuro na qual os seus clientes poderão adquirir carros eléctricos e gerar a sua própria energia renovável.

Desde Abril último que a ENI tem considerado a formação de uma nova entidade corporativa que combina as suas actividades petrolíferas e de energias renováveis, na qual poderia vender uma participação ou licitar acções ao público. A França e a Espanha são os mercados essenciais que auxiliarão no aumento do valor da empresa por meio da integração entre trading e energias renováveis. 

O negócio com a Azora inclui 230 MW de energia eólica onshore, com 3 parques operacionais e 1 em construção, e compreende ainda 1 GW de capacidade solar de 5 projectos em desenvolvimento. A ENI e a Azora trabalharão em um acordo estratégico mais amplo a fim de expandir ainda mais a plataforma de energia renovável da petrolífera na Espanha. Por outro lado, o portfólio da Dahmma inclui 3 GW de projectos em estágios iniciais de desenvolvimento em ambos os países, e cerca de 120 MW de plantas em fases avançadas de desenvolvimento ou em operação na França, nas quais, como forma de auxiliar no progresso dos projectos, a equipe de Dahmma será integrada àENI Gas e Luce.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes