28.8 C
Luanda Province
Wednesday, May 29, 2024
 

FPSO Anita Garibaldi Entra em Produção no Brasil

A Petrobras anunciou recentemente que a FPSO Anita Garibaldi foi colocada em produção, sendo a 2ª unidade a ser lançada desde Maio de 2023, para operar no pós-sal e no pré-sal dos campos Marlim e Voador.

A primeira das duas FPSOs que fazem parte deste projecto foi a FPSO Anna Nery, que iniciou suas actividades em Maio de 2023.

Soichi Ide, Presidente & CEO da MODEC Offshore Production Systems (Singapura), destacou que a parceria com a Petrobras já totaliza 14 empreendimentos conjuntos, ressaltando o significativo orgulho da equipa ao completar a entrega da FPSO Anita Garibaldi MV33, realçando o papel fundamental que essa unidade desempenha no projecto de revitalização da Bacia de Campos da Petrobras.

Destinado às operações de produção no campo de Marlim, na Bacia de Campos, ao longo da costa do Brasil, o FPSO Anita Garibaldi está alugada à Petrobras por um contrato de de 25 anos. A MODEC destaca que esse é um dos maiores contratos de utilização das instalações até o momento, e realça que esse navio é sua 16ª unidade FPSO/FSO entregue ao sector brasileiro de petróleo e gás.

De acordo com Jean Paul Prates, Presidente da Petrobras, a implementação das novas plataformas no campo de Marlim durante este ano assegura uma extensão da vida útil das operações na Bacia de Campos, o que garantirá o aumento substancial na produção resultante da inclusão da FPSO Anita Garibaldi. Além disso, Prates considera que esse projecto de revitalização da bacia representa um aprendizado contínuo para a empresa, tornando-se numa oportunidade valiosa para ampliar as contribuições ao desenvolvimento regional e à indústria local de bens e serviços que dá suporte à Petrobras.

Embora a MODEC tenha liderado a engenharia, o fornecimento, a construção e a mobilização, incluindo o equipamento de processamento dos topsides, bem como o casco e os sistemas marítimos. A SOFEC, uma empresa do grupo MODEC, foi responsável pela concepção e fornecimento do sistema de amarração da FPSO.  

Ancorada a cerca de 150 km da costa do Rio de Janeiro, com uma profundidade de água aproximada de 670 metros, a FPSO Anita Garibaldi tem capacidade para processar 80 KBPD e 7 MMSCFD, com uma capacidade armazenamento de até 1 MMBBLS.

Com peso total superior a 40.000 Tobeladas, a MODEC destaca que o topside é o maior já instalado pela empresa. Essa FPSO também é pioneira na utilização do conceito de tanque de separação, fazendo uso dos tanques de carga de petróleo do navio para tratar volumes expressivos de água produzida de até 270 KBPD no processo de separação óleo/água.

A revitalização dos campos de Marlim e Voador, juntamente com projectos de desenvolvimento complementares e revitalização de outros campos, poderá contribuir com um aumento na produção da Bacia de Campos de cerca de 565 KBPD perfazendo um volume total de 920 KBPD até 2027.

Subscreva

- Obtenha acesso total aos nossos conteúdos premiums

— Publicidade —

Recentes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here