26.8 C
Luanda Province
Segunda-feira, Abril 15, 2024
 

Inflação Pressiona Preços do Crude 

Os preços do petróleo bruto voltaram a cair na manhã desta quarta-feira, 10 de Maio, estendendo o período de queda que começou ontem depois que o American Petroleum Institute surpreendeu os mercados ao estimar um aumento nos stocks de crude e gasolina.

O API relatou um aumento de 3,62 MMBBLS nos stocks de petróleo bruto e os stocks de gasolina aumentaram em cerca de 400 KBBLS. Sendo que o mercado esperava por uma estagnação dos stocks, a estimativa do API pressionaram os preços do petróleo para baixo, aguardando-se apenas a divulgação dos dados sobre o índice de preços ao consumidor referentes ao mês de Abril, que será divulgado ainda hoje.

Se a inflação permanecer teimosamente alta, isso significaria mais aumentos de taxas e mais aumentos de taxas significariam pressão sobre a demanda global de petróleo, pois eles empurrariam o dólar dos EUA para cima, tornando o petróleo mais caro para outros mercados cambiais.

Ao mesmo tempo, os preços receberam algum apoio da última atualização do governo federal americano sobre os planos de se reabastecer as reservas estratégicas de petróleo após uma queda histórica de cerca de 200 MMBBLS  no ano passado. Espera-se que os EUA comecem a comprar petróleo para a SPR ainda este ano. 

No momento, o West Texas Intermediate (WTI), está a ser realizado um pouco acima do limite superior da faixa que o DoE deu para seu preço-alvo para o refil: entre $67 e $72/bbl. Ainda há algum suporte para os preços do petróleo no Canadá, onde os incêndios florestais forçaram o fecho de mais de 300 KBPD da produção de petróleo. A situação está a normalizar graças ao clima mais frio e a produção provavelmente será retomada em breve.

SourceOilPrice

Subscreva

- Obtenha acesso total aos nossos conteúdos premiums

— Publicidade —

Recentes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui