Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

18 Milhões de Barris de Petróleo Venezuelano Presos no Mar

Os navios petroleiros que transportam pelo menos 18,1 MMbbls de crude  venezuelano estão ociosos no mar em todo o mundo, alguns por um período que rondam até 6 meses, uma vez que muitos dos antigos e potenciais clientes não querem arriscar com a entrega por medo de serem aplicadas sanções secundárias dos EUA. 

Pelo menos 16 navios-tanques estão paralisados nas costas de África e do Sudeste Asiático, os 18,1 MMbbls venezuelanos presos no mar são equivalentes à 2 meses da produção actual do país.

No início deste ano, os EUA aplicaram sancões ao braço comercial da Rosneft, sediado na Suíça, e foi declarado que estão prontos para apertar ainda mais o nó do governo venezuelano. 

Na semana passada, o Departamento do Tesouro dos EUA designou 3 indivíduos e 8 entidades estrangeiras e identificou 2 navios como propriedade bloqueada pelas suas actividades ou associações à uma rede que tenta evitar as sanções dos EUA ao sector petrolífero da Venezuela. 

As entidades sancionadas incluem a Libre Abordo, com a sede no México e a sua filial Schlager Business Group. Apesar das sanções dos EUA, o petróleo venezuelano ainda continua a chegar à China, pelo menos nos últimos meses. 

O petroleiro Delos Voyager, que agora é uma propriedade bloqueada, carregou cerca de 515.000 bbls venezuelanos em meados de Janeiro de 2020 e entregou a Qingdao, China. O petroleiro EUROFORCE carregou 500.000 bbls venezuelano em meados de Março de 2020 e transferiu a carga para outro navio no mar da China Meridional no final de Maio de 2020. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes