Segunda-feira, Novembro 28, 2022

Must read

Mais Artigos

Gazprom Prevê Tempos Difíceis com as Exportações de Gás

A Gazprom declarou que suas exportações de gás para a europa caíram nos últimos meses de 2019. Já que anteriormente havia dito que manteria altos níveis de exportação de gás a preços mais baixos.

As receitas da Gazprom são responsáveis por 5% da economia russa, os países da Europa ocidental representam 81% de suas exportações lideradas pela Alemanha, enquanto que os países da Europa central representam 19%. A Rússia controla cerca de 35% do mercado total de gás da europa. 

Antes do seu ano de expansão em 2018, a Gazprom havia exportado 192,2 bcm em 2017, nível que se esperava alcançar em 2019. Quanto aos preços a Gazprom espera uma queda de 13% neste ano, para $ 215 por mil metros cúbicos.

A razão desta queda nas exportações de gás em 2019 recai para o aumento lento da demanda, sem mencionar que a exportação de gás da Rússia tornaram-se ou talvez sempre foram uma espécie de controvérsia política. No entanto, o lucro líquido da Gazprom no 2º trimestre aumentou para $ 4,55 biliões um aumento de 16% em comparação a 2018. Embora tenha sido resultado de melhores taxas da moeda estrangeira, em vez de maiores fluxos ou preços de gás.

Em Outubro de 2018, a Rússia havia exportado volumes recordes de gás por gasodutos para a Europa, apesar dos esforços dos EUA em desviar a europa da compra de gás russo. A Gazprom anunciou recentemente o carregamento do seu gasoduto para a China e que os embarques deverão começar em 2020. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes