Domingo, Agosto 14, 2022

Importações da índia de Petróleo Bruto Venezuelano Atingem Recorde Máximo dos Últimos 2 Anos

Must read

Em Junho, a Índia importou  o maior volume de petróleo venezuelano dos últimos 21 meses, mais do que o dobro alcançado em Maio e mais de 50% em comparação como o mesmo período no ano passado.

As importações de petróleo bruto venezuelano da Índia aumentaram para 475.200 bpd em Junho, parcialmente devido ao atraso nos carregamentos dos meses anteriores,

No início do ano, os Estados Unidos impuseram novas sanções contra estatal petrolífera venezuelana PDSVSA, com o objectivo de limitar as exportações de petróleo do país para os EUA e pressionar o presidente Nicolas Maduro a renunciar o cargo.

Apesar das sanções, a Índia continuou com as importações de crude venezuelano, uma vez que tinha fechado um contracto a prazo com a PDVSA anos antes dos Estados Unidos terem imposto as restrições.

Actualmente a Venezuela possui apenas 2 clientes sobretudo privados, a Nayara Energy e a Reliance Industries. A Nayara Energy, primeiro conhecida como ESSAR OIL antes da gigante Russa Rosneft comprar uma participação significativa da refinaria indiana que também recebe petróleo venezuelano da Rosneft, que a PDVSA envia como parte de seu acordo para pagar as suas dívidas. A Reliance, por sua vez, tem um contracto de 15 anos com a petrolífera venezuelana desde 2012 de compra de até 400.000 bpd de petróleo pesado.

Embora continue a comprar petróleo venezuelano, a Índia respeitou as sanções dos EUA contra o Irão e suspendeu as suas importações de petróleo iraniano em Maio depois que a isenção dos EUA para compradores de petróleo iraniano havia expirado. O aumento das importações de petróleo da Índia pelo petróleo venezuelano compensou em grande parte pela perda de oferta das restrições iranianas. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes