24.8 C
Luanda Province
Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
 

Moçambique Prevê Aumentar a Capacidade de Geração de Energia a Gás em 2024 

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos de Moçambique (ENH), anunciou que a partir de 2024, o país planeia aumentar sua capacidade de produção de energia para mais de 900 megawatts (MW) com a activação de novas instalações de gás natural. 

Com a entrada em funcionamento das novas instalações de gás natural, com destaque para a Central Térmica de Temane, situada na província de Inhambane, no sul de Moçambique, o país almeja aumentar a sua produção de energia. Essa iniciativa visa assegurar o acesso universal à energia até 2030 para todos os cidadãos moçambicanos, ao mesmo tempo que posiciona o país como um player de destaque no cenário global de segurança energética. 

Actualmente, as centrais de gás natural do país geram um total de 452 MW de energia. Com a entrada em operação das novas centrais, essa capacidade será consideravelmente ampliada, o que possibilitará fornecer energia não apenas à Moçambique, mas também a alguns países da região da SADC. 

O gás natural desempenha um papel significativo na matriz energética de Moçambique, representando 38% do suprimento total de energia. Isso reflecte a importância fundamental desse recurso como fonte de energia, atendendo tanto às necessidades dos consumidores comerciais quanto das residências no país. 

As projeções apontam para um aumento na demanda global de energia proveniente do gás natural, um crescimento que estará directamente correlacionado com o desenvolvimento económico. À medida que a agenda global de transição energética se consolida, a busca por esse recurso se intensifica, especialmente em nações em desenvolvimento, onde uma parcela significativa da população ainda não tem acesso confiável à eletricidade. 

As vastas reservas comprovadas de gás natural de Moçambique, que totalizam cerca de 180 trilhões de pés cúbicos, colocam o país em uma posição estratégica para suprir não apenas a região da África Austral, mas também para se tornar um fornecedor relevante nos mercados asiático e europeu devido ao seu potencial energético.

Subscreva

- Obtenha acesso total aos nossos conteúdos premiums

Recentes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui