28.8 C
Luanda Province
Wednesday, May 29, 2024
 

OPEP+ Vai Manter os Cortes de Produção ao Longo de 2024

O grupo OPEP+ continuará com os seus cortes de produção pelo menos até ao final do 1º semestre de 2024, uma vez que o Comité Conjunto de Monitorização Ministerial (JMMC) da aliança não recomendou quaisquer alterações à política de produção na sua reunião de quarta-feira, 03 de Abril.  

O JMMC é o painel da OPEP+ que monitoriza a situação do mercado petrolífero e avalia o cumprimento dos cortes. Não toma decisões políticas, apenas recomenda possíveis acções para todas as reuniões ministeriais da OPEP+. 

A próxima reunião do painel está agendada para 01 de Junho, antes das reuniões ministeriais completas da OPEP e OPEP+ planeadas, que deverão decidir se prosseguirão com o actual nível de cortes para além de Junho ou reverterão algumas das reduções. 

O Brent atingiu a cifra dos $90/bbl, depois que a OPEP+ decidiu continuar com os seus cortes na oferta de petróleo no primeiro semestre do ano, mantendo os mercados globais apertados, contribuindo para a alta dos preços.  

No início de Março, os membros da aliança que tinham prometido efectuar cortes de produção até ao 1º trimestre do corrente, anunciaram a extensão dos mesmos até ao final do 2º trimestre. 

A Arábia Saudita, Iraque, Emirados Árabes Unidos (EAU), Kuwait, Cazaquistão, Argélia, Omã e Rússia estão agora a reduzir adicionalmente as respectivas produção e exportações de petróleo ao longo do 1º semestre de 2024, para além dos cortes voluntários da OPEP+ anunciados em 2023.   

Segundo o vice-primeiro ministro russo, Alexander Novak, a Rússia irá cortar a produção de petróleo em vez das exportações no 2º trimestre de 2024, em consonância com os esforços da OPEP+ de garantir que todos os membros do grupo cumpram com as metas de produção estabelecidas.

SourceOilprice

Subscreva

- Obtenha acesso total aos nossos conteúdos premiums

— Publicidade —

Recentes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here