Quarta-feira, Setembro 28, 2022

Análise do Comportamento dos Preços de Petróleo (Agosto 2019)

Must read

Em Agosto, os preços futuros do barril de petróleo sofreram uma queda significativa no mercado internacional após um aumento no mês de Julho.

O Brent, benchmark para as ramas angolanas, ter sido comercializado ao preço mais alto de $61.89/barril, com uma média mensal $59.35/barril representando uma queda de $4.92/bbl, em relação a média alcançada no mês de Julho. O WTI foi comercializado ao preço mais alto de $57.10/barril, numa média mensal de $53.93/barril, uma queda de $3.63/bbl em relação a média alcançada em Julho de $58,56/barril. O diferencial do entre o Brent e o WTI ficou estimado em $4.4/barril. 

As ramas angolanas tiveram uma redução em relação ao mês de Julho. As ramas Girassol, Dália, Nemba, Cabinda, foram as mais valorizadas e comercializadas a prémio de $2.19-$2.36-$0.47-$1.34, respetivamente em relação Brent do mês em referência. 

A rama Dália atingiu o preço mais alto de $66.29/barril e uma média de $61.71/barril, representando um declínio na ordem dos $3.70 em relação ao mês de Julho; A rama Girassol foi comercializada ao preço mais alto de $65.93/barril e uma média de $61.54/barril, representando um declínio na ordem dos $4.00, em relação ao mês passado; A rama Cabinda chegou a ser comercializada a $65.29/barril como preço mais alto, e com uma média mensal de $60.69/barril, o que constitui uma queda de $4.27, em relação ao mês de Maio. Finalmente, a rama Nemba chegou a ser comercializada ao preço mais alto de $64.64/barril, a uma média mensal de $59.80/barril, o que constituiu uma queda de $3.49 em relação ao mês anterior. 

O grade Tapis da malásia, continua a ser o petróleo mais caro do mundo com um API de 43-45º e um teor de enxofre extremamente baixo (0.04%). No entanto, apesar da sua alta valorização no mercado internacional, o Tapis da Malásia registou perdas no mês de Agosto em relação ao mês de Julho, atingindo o preço mais alto de $68.15/barril, e uma média mensal $63.30/barril, menos $4.65, em relação a média alcançada em Julho. 

A queda de preços do petróleo para o mês de Agosto é resultado das guerras comerciais entre EUA-China, uma vez que os dois países decidiram tentar reduzir a tensão, em busca de um diálogo. O presidente Donald Trump afirmou que a China expressou o desejo de retomar as negociações bilaterais, contudo o chefe da delegação chinesa apelou uma negociação tranquila, uma vez que um acordo alcançado por ambos os países, proporcionaria benefícios ao estado Norte-Americano e ao Mundo.

O grá­fico in­te­ra­tivo abaixo ilustra as va­ri­a­ções dos preços.

wpDataChart with provided ID not found!
- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes