19.7 C
Luanda Province
Thursday, June 13, 2024
 

Produção de Petróleo da Nigéria Cai 15,5% em Julho

A produção de petróleo da Nigéria sofreu uma queda significativa de 15,5% em Julho, marcando o 3º mês consecutivo de declínio na produção desde Abril.

De acordo com a Comissão Reguladora de Actividades de Exploração de Petróleo (NUPRC) da Nigéria, a produção de petróleo daquele país africano e também membro da OPEP caiu para 1,081 MBPD, abaixo dos 1,248 MBPD produzidos em Junho. A Nigéria tem consistentemente ficado abaixo da sua quota no acordo da OPEP+, principalmente devido à combinação de danos em oleodutos e roubos de petróleo, aliados à falta de novos investimentos no Upstream. 

Os problemas com os roubos de petróleo e danos nos oleodutos tem sido uma preocupação de longa data na indústria de petróleo e gás nigeriana, resultando muitas vezes em força maior nos principais terminais de exportação de petróleo bruto, o que tem afastado grandes players do sector petrolífero naquele país.

A produção actual de petróleo na Nigéria está aproximadamente 1 MBPD abaixo da sua capacidade total. Esse cenário é atribuído à falta de investimentos, escassez de fontes de financiamento devido à transição energética e à insegurança na região. Gbenga Komolafe, Presidente-Executivo da NUPRC, declarou que a capacidade técnica do país permite produzir cerca de 2,5 MBPD, porém, a produção actual gira em torno de 1,5 MBPD, devido aos desafios mencionados em Maio.

A Nigéria tem como objectivo aumentar significativamente a sua produção de petróleo para 1,7 MBPD até Novembro de 2023, com a intenção de garantir uma quota maior no acordo da OPEP+.

Em um esforço para atrair investimentos para o sector de exploração de petróleo, a NUPRC da Nigéria tem planos de realizar um roadshow internacional nas próximas semanas.

Subscreva

- Obtenha acesso total aos nossos conteúdos premiums

Recentes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here