Domingo, Outubro 2, 2022

Brasil Investe $8 Biliões no Campo Bacalhau

Must read

A Equinor e a ExxonMobil, decidiram finalmente investir cerca de $8 biliões na 1ª fase de desenvolvimento do campo Bacalhau no prolífico Pré-sal do Brasil, na qual o First Oil está previsto para 2024. A Equinor, operadora do campo desde 2016, juntamente com a Exxon detêm uma participação combinada de 80%, sendo que a primeira descoberta foi feita em 2012 pela Petrobras.

Os parceiros da área, incluindo a Petrogal Brasil e a Pré-sal Petróleo SA (PPSA), já celebraram os principais contratos de FEED (Front End Engenharia e Projecto) e de EPCI (Engenharia, Suprimento, Construção e Instalação).

De acordo com o plano de desenvolvimento, na 1º Fase serão perfurados cerca de 19 poços ligados a uma das maiores FPSOs do Brasil, que já está localizada no campo, com uma capacidade de produção de 220.000 bpd e com uma capacidade de armazenamento de 2 mmbbls.

O Bacalhau é um projecto globalmente competitivo, com um break-even abaixo de $35/bbl em uma prolífica região de desenvolvimento energético.

As reservas recuperáveis para a primeira fase são estimadas em Mais de 1 bilião de barris de petróleo, na qual foi identificado como um dos principais investimentos estratégicos no portfólio global da ExxonMobil e tem o potencial de trazer altos retornos para a empresa e para os seus parceiros.

A decisão final de investimento de $8 biliões no campo Bacalhau no Brasil efectuada pelas grandes companhias petrolíferas internacionais, é um dos primeiros anúncios desde que a Agência Internacional de Energia (AIE), vem a há duas semanas a manifestar que para além dos projectos já comprometidos até 2021, não haver necessidade de novos investimentos em campos petrolíferos, se o mundo espera atingir emissões zero de carbono até 2050.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes