Sábado, Novembro 26, 2022

Must read

Mais Artigos

Chevron e Guiné Equatorial Assinam Contrato de Partilha de Produção Para o Bloco EG09

A petrolífera americana, Chevron, celebrou um contrato de partilha de produção com o governo da Guiné Equatorial para o Bloco EG09, localizado na bacia de Douala, na fronteira com os Camarões. O acordo representa uma conquista notável tanto para a Chevron na medida em que se move para aumentar a sua actuação no mercado da Guiné Equatorial, quanto para o próprio país em sua jornada rumo à maximização dos recursos. O tratado concede à Chevron 80% do interesse participativo do bloco, enquanto a GEPetrol detém os 20% restantes. 

A Chevron está ansiosa para expandir o seu portfólio na Guiné Equatorial, recentemente a empresa comprou todas as acções da Noble Energy por $13 biliões, uma companhia que já actua naquele país, facilitando a entrada da Chevron no mercado da Guiné. Ao trabalhar em estreita colaboração com o governo, a companhia americana pretende executar um programa de trabalho que levará ao desenvolvimento potencial do Bloco EG09. 

Várias descobertas importantes na última década enfatizam o potencial da Bacia de Douala, o que tem despertado o interesse de muitas empresas de exploração e produção de petróleo e gás. O Bloco EG09, anteriormente explorado pela PetroSA da África do Sul, tem potencial para conter reservas consideráveis de petróleo e gás devido à sua proximidade com outros blocos onde foram feitas descobertas em grande escala.

A Guiné Equatorial, apesar de ser um país relativamente pequeno geograficamente, detém algumas das maiores reservas de petróleo e gás da África, as reservas de gás são estimadas em 1,5 trilhões de pés cúbicos, enquanto as reservas de petróleo são estimadas em 1,1 biliões de barris. Com a ambição de intensificar a actividade de exploração e produção de gás natural no país, o governo implementou uma série de estruturas políticas para incentivar o investimento e impulsionar o seu desenvolvimento. Este acordo serve para aumentar essa ambição, demonstrando o potencial exploratório do país e o papel que os hidrocarbonetos terão na aceleração do crescimento econômico da nação.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes