Domingo, Outubro 2, 2022

Eni Descobre Petróleo Leve no Bloco 15/06

Must read

A Eni fez uma nova descoberta de óleo leve (API 38 °) no Bloco 15/06 offshore de Angola. O poço foi perfurado no prospecto de exploração Cuica localizado dentro da Área de desenvolvimento Cabaça, próximo do FPSO Armada Olombendo (Eixo Leste), com o  intuito de sondar novas oportunidades de exploração nas proximidades das infraestruturas existentes, resultando numa descoberta de petróleo com reservas estimadas entre 200 – 250 MMBBLS. 

O Cuíca-1 NFW foi perfurado pelo navio-sonda Libongos em uma profundidade de água de 500m, atingiu uma profundidade vertical total de 4.100m, em uma camada geológica de arenitos da idade do Mioceno com boas propriedades petrofísicas. 

O poço de descoberta será desviado para ser colocado em uma posição ideal como poço produtor e espera-se que a produção entre online dentro de 6 meses após a descoberta, e de acordo  com as descobertas de Kalimba, Afoxé, Ndungu, Agidigbo, Agogo e avaliações realizadas entre 2018 e 2020, Cuica representa a primeira descoberta comercial no Bloco 15/06 após o relançamento da campanha de exploração pós-pandemia Covid-19 de 2020 e a queda do preço do petróleo, e devido à intensa coleta de dados estima-se uma capacidade de produção em torno dos 10.000 bpd. 

Cuica é a segunda descoberta significativa de petróleo dentro da área de desenvolvimento Cabaça, em que a localização da cabeça do poço está intencionalmente colocada perto da rede submarina do East Hub que permitirá uma conexão rápida do poço de exploração e produção relevante, enquanto se estende o platô de produção do FPSO Armada Olombendo. 

Uma extensão de 3 anos do período de exploração do Bloco 15/06 foi recentemente concedida até Novembro de 2023. A Joint Venture Bloco 15/06 é composta pela Eni (operadora, 36,8421%), Sonangol P&P (36,8421%) e SSI Fifteen Limited (26,3158%). Além de operar no Bloco 15/06, com 2 pólos produtores, e no desenvolvimento de um terceiro pólo no campo de Agogo, a Eni opera atualmente na fase de exploração no  Bloco 1/14 (offshore da Bacia do Baixo Congo), Blocos Cabinda Norte e Cabinda Centro (onshore) e em breve irá aumentar as suas áreas com o Bloco 28 no offshore da Bacia do Namibe. A produção actual da major italiana é de cerca de  120.000 bpd.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes