Sexta-feira, Dezembro 9, 2022

Must read

- Publicidade -spot_img

Mais Artigos

Eni Faz Novas Descobertas de Petróleo e Gás no Egipto

A petrolífera italiana Eni fez novas descobertas de petróleo e gás nas concessões de Meleiha, no deserto ocidental do Egipto, tendo encontrado um volume estimado de 8.500 BOEPD.

As descobertas foram feitas através do poço Nada E Deep 1X, que encontrou 59,44 m de net oil pay nas formações Cretáceo-Jurássico Alam El Bueib e Khatatba, seguido dos poços Meleiha SE Deep 1X e Emry Deep 21, que atingiram 30,48 m e 35,05 m de net oil pay nas areias do Cretáceo-Jurássico das formações Matruh e Khatatba e nos maciços arenitos cretáceos de Alam El Bueib, respectivamente. 

De acordo com a Eni, as novas descobertas já foram conectadas e vinculadas à produção, em linha com a estratégia de exploração liderada pela companhia, visando maximizar as oportunidades de exploração nas proximidades das instalações petrolíferas existentes naquela região. 

Os recentes resultados, somados às descobertas efectuadas em 2021 totalizam 8 poços exploratórios já perfurados numa taxa de sucesso de 75%, confirmando o potencial da área. No entanto, outras actividades exploratórias na concessão estão em andamento com indicações promissoras.

Com estas descobertas, a Eni, através da AGIBA, uma joint venture entre a Eni e a General Petroleum Corporation egípcia, continua a prosseguir com sucesso a sua estratégia de campo próximo na bacia madura do Deserto Ocidental, com o objectivo de maximizar a produção através da contenção dos custos de desenvolvimento e redução do tempo de início das operações.

Por outro lado, a Eni renovou a sua aposta no deserto ocidental com a recente aquisição de 2 blocos exploratórios, com o planeamento de um novo levantamento sísmico 3D de alta resolução na concessão de Meleiha previsto para este ano, tencionando também investigar o potencial gasoso da área, como parte dos seus objectivos ligados a transição energética.

A Eni está presente no Egipto desde 1954, onde opera através da subsidiária IEOC. A empresa é actualmente a maior produtora do país com uma produção de cerca de 360.000 BOEPD.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes