Terça-feira, Agosto 9, 2022

Governo Nigeriano Esclarece que a Produção do Novo Campo Egina não faz Parte dos Acordos do Corte de Produção da OPEP

Must read

A Nigerian National Petroleum Corporation (NNPC), afirma que a produção do recém-lançado caampo em águas profundas “Egina”, permanecerá fora do acordo de cortes de produção da OPEP. O Egina não faz parte dos volumes acordados e será contabilizado como condensados.

Actualmente a Nigéria produz cerca de 1,8 mbpd de crude e outros 400.000 bpd de condensados. O governo nigeriano reitera o compromisso de cumprir com a sua quota nos cortes, mas o novo campo será classificado como condensado.

Dias antes da implementação dos cortes de produção, a Total iniciou a produção do campo Egina em águas ultra-profundas na Nigéria, que deverá atingir um pico de produção de 200.000 bpd e representar aproximadamente 10% da produção total nigeriana. A Nigéria não foi poupada dos novos cortes de produção entre a OPEP e não-OPEP, e deverá contribuir com 40.000 bpd dos 800.000 bpd atribuídos Aos membros da OPEP. A cifra de 40.000 bpd representa 2,5% da prodção actual da Nigéria.  De acordo com as fontes secundárias da OPEP, a produção de crude da Nigéria aumentou 52.000 bpd de Dezembro a Janeiro de 2019, fixando-se em 1,792 mbpd em Janeiro. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes