Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

México Aprova Incentivos Fiscais para Impulsionar a Produção

O governo mexicano aprovou uma medida de estímulo fiscal que pode levar a Pemex a aumentar a produção de petróleo em até 400.000 bpd.

A legislação diz respeito a um contracto de crédito com um grupo de credores, incluindo HSBC, JP Morgan e Mizuho Securities. Sob os novos termos, a maturidade do empréstimo de $5,5 bilhões será prorrogado por 2 anos e cerca de $2,5 bilhões da dívida existente serão refinanciados.

O dinheiro será usado para impulsionar a produção de petróleo em campos maduros que actualmente já não são economicamente viáveis  para continuarem a ser explorados. Para isso, os campos abrangidos pela medida serão migrados de títulos de atribuição herdados para contractos de partilha de produção que foram introduzidos pelo governo mexicano anterior como parte de uma reforma abrangente de energia aprovada em 2014.

O México tem lutado para reverter um declínio constante em sua produção de petróleo bruto resultante da falta de investimentos e de novas descobertas. O governo anterior tentou resolver o problema removendo a posição de monopólio da Pemex no mercado e convidando empresas estrangeiras a explorar petróleo e gás em terra e no mar. O novo governo, no entanto, suspendeu todos os contractos assinados pela administração anterior e todos os novos leilões de petróleo e gás encontram-se em revisão.

O Governo mexicano espera produzir cerca de 2,5 mbpd de petróleo bruto até o termino do seu mandato, um nível perto da média de 2013, de 2,522 mbpd.

Os dados da Pemex mostram que a produção de petróleo bruto em 2018 atingiu uma média de 1.813 mbpd, uma queda de 1,948 mbpd, comparado a média de  2,522 mbpd alcançada em 2013. (Oilprice).

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes