Quarta-feira, Setembro 28, 2022

OPEP+ Regista o Maior Aumento Produção dos Últimos 3 Meses

Must read

A OPEP e seus aliados liderados pela Rússia aumentaram a produção de petróleo em 390 KBPD em junho, apesar de quase todos os membros da organização continuarem a enfrentar dificuldades para atingir as metas de produção. 

Os 13 membros da OPEP produziram 28,83 MBPD em junho, um aumento de 210 KBPD em relação ao mês de maio, com ganhos constantes registados pela Arábia Saudita, Nigéria, Angola e Emirados Árabes Unidos. Enquanto isso, os 9 países parceiros do grupo produtor colocaram no mercado cerca de 13,26 MBPD, um aumento de 180 KBPD, em meio a uma recuperação na produção russa, que compensou a grande manutenção no Cazaquistão. 

A produção combinada de petróleo da OPEP+ subiu para uma alta de 3 meses de 42,09 MBPD em junho, não obstante, a coalizão esteve 2,70 MBPD abaixo de suas quotas coletivas, com o cumprimento das quotas subindo para 192%. No entanto, vários membros do cartel têm enfrentado consistentemente interrupções no fornecimento causadas por sanções, instabilidade geopolítica, paragens não programadas, manutenção e problemas técnicos. 

Os 2 maiores produtores da aliança, Rússia e Arábia Saudita adicionaram 560 KBPD combinados ao mercado, embora em circunstâncias diferentes. Apesar das sanções ocidentais à Rússia após a invasão da Ucrânia, o principal aliado da OPEP viu sua produção se recuperar em quase 500 KBPD para uma média de 9,75 MBPD em junho, em comparação aos 9,29 MBPD registados em maio. Por outro lado, Arábia Saudita aumentou a sua produção para 10,55 MBPD em junho, motivada por um aumento na queima de petróleo no verão. 

Em junho, alguns países registaram quedas significativas na produção, a maior foi observada no Cazaquistão, produtor não-OPEP, que viu a sua produção cair para 1,22 MBPD, uma redução de 300 KBPD em relação a maio, seguido da Líbia, com um declínio para 650 KBPD, causado pelos bloqueios e paralisações das infraestruturas petrolíferas e o Iraque, que registou uma diminuição nos volumes produzidos para 4,38 MBPD. Em África, os 2 maiores produtores de petróleo, Nigéria e Angola aumentaram 70 KBPD e 60 KBPD, respectivamente, em junho, todavia, ambos países continuam a produzir muito abaixo de suas quotas de produção. 

A aliança OPEP+ tem estado a aumentar gradualmente as suas quotas a cada mês, com o objectivo de restaurar a produção aos níveis pré-pandêmicos até agosto. O grupo se reunirá em 3 de agosto para decidir sobre os níveis de produção para setembro e possivelmente os meses subsequentes.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes