Domingo, Outubro 2, 2022

Petrobras Encomenda 9ª FPSO para o Pré-sal do Campo de Búzios

Must read

A major petrolífera brasileira Petrobras, contratou a empresa Keppel Shipyard Limited da Cingapura, para construção da 9ª FPSO para o campo Búzios, localizado no pré-sal da Bacia de Santos, no litoral do Brasil. 

A FPSO P-80 será uma das maiores unidades a operar no offshore do Brasil, com uma capacidade de produção de 225 KBPD, 12 MMcm/d de gás e armazenamento de mais de 1,6 MMBBLS. O processo de licitação internacional da petrolífera brasileira para aquisição e construção da 9ª FPSO P-80 iniciou em Maio de 2021, culminando na recente celebração de um contrato com a subsidiária da Keppel Offshore & Marine, avaliado em cerca de $2,9 biliões. 

A nova expansão do Campo de Búzios poderá incluir a interligação de 14 poços submarinos, onde 7 serão poços produtores e os restantes serão utilizados como poços de injecção. No entanto, a entrada em produção da nova embarcação está prevista para 2026.

A P-80 vai integrar a nova geração de plataformas da Petrobras, caracterizadas pela alta capacidade de produção e tecnologias inovadoras para redução de emissões de CO2. Entre elas estão um sistema de flare fechado, que aumenta o aproveitamento do gás e impede que ele seja queimado para a atmosfera, de forma segura e sustentável ao mesmo tempo em que comporta um sistema de detecção de gás metano, capaz de actuar na prevenção e mitigação de riscos de vazamentos desse composto.  

O campo Búzios é operado actualmente por 4 plataformas (P-74, P-75, P-76 e P-77), enquanto as outras 4 unidades encontram-se em processo de construção, nomeadamente a FPSO Almirante Barroso, FPSO Almirante Tamandaré, P-78 e a P-79.  

A Petrobras é a operadora do campo Búzios com uma participação de 92,6%, em parceria com a CNOOC e a CNODC com 3,7% cada.  Com reservas substanciais, baixo risco e reduzido custo de extração, o maior campo de petróleo em águas profundas do mundo deverá atingir até o final desta década uma produção diária de cerca de 2 MBPD, tornando-se no activo da Petrobras com maior produção.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes