Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
25.8 C
Luanda Province

Must read

Mais Artigos

Players Asiáticos Intensificam os Esforços para Impulsionar o Aumento da Produção Global de Petróleo 

As empresas asiáticas do upstream estão a intensificar rapidamente os esforços para responderem à  situação global de oferta de petróleo, à medida que os países da região se empenham para garantir a segurança do abastecimento de energia em meio às contínuas tensões geopolíticas relacionadas com a Rússia e a Ucrânia, bem como à postura conservadora da produção da coalizão OPEP+. 

Com várias sanções e bloqueios financeiros proibindo o livre fluxo de petróleo russo e iraniano, além do aumento observado nos cortes de produção da OPEP+, os importadores de petróleo asiáticos se negam a confiar inteiramente nas principais nações produtoras para resolver as condições de oferta apertadas.  

De acordo com alguns traders de petróleo e analistas de mercado de grandes empresas de refino e do upstream asiático, a Ásia, como o maior centro de demanda de energia do mundo, deveria envidar mais esforços no sentido de aumentar o seu grau de influência nas questões de oferta e preços altos. Para esta região, uma faixa ideal de preço do petróleo é vista em torno de $60 a $70/BBL, o que seria justo para os consumidores, refinarias e empresas do upstream.  

As nações do Sudeste Asiático têm registado um alto nível de desempenho, sobretudo em 2022, iso em termos de novas descobertas e produção a montante, com o Vietnam iniciando recentemente uma nova produção das suas áreas de desenvolvimento no sul. No início de Novembro, a joint venture Vietnam-Rússia Vietsovpetro produziu o primeiro petróleo da plataforma RC-10 construída no campo de Rong em seu Bloco 09-1 ao sul, com produção inicial dos 2 poços da plataforma atingindo 350 MT/dia de petróleo. 

A Petronas, empresa estatal de petróleo e gás da Malásia, realizou recentemente a sua primeira descoberta de petróleo, no poço 4-BRSA-1386D-RJS, na prolífica Bacia de Santos, no pré-sal do Brasil. O poço foi perfurado a uma profundidade de água de cerca de 2.000 metros e a coluna líquida de óleo encontrada é uma das mais espessas já registadas no Brasil. 

Além disso, a estatal Korea National Oil Corp. da Coreia do Sul e a PTTEP da Tailândia estão totalmente comprometidas em fornecer a maior parte ou toda a sua produção de petróleo de projectos upstream do Médio Oriente para as suas respectivas refinarias domésticas, em vez de negociar os barris no mercado internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes

- Publicidade -spot_img