Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

Produção da Rússia Poderá Cair Em Até 3 MBPD

De acordo com um relatório da IEA (Agência Internacional de Energia), a Rússia terá a sua produção de petróleo reduzida em 3 MBPD a partir de abril, fruto das sanções que tem sido alvo. O país tem se esforçado para encontrar compradores competitivos para o seu petróleo.

As sanções contra a Rússia ameaçam criar um choque global de oferta e tudo indica que apenas a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos possuem capacidade de reposição substancial a fim de ajudar a compensar um déficit russo. Em contrapartida, as nações da OPEP têm sinalizado a sua relutância em aumentar a produção, num momento em que não se esperam aumentos de produção dos EUA, Canadá ou outros países para suprir o déficit. Como resultado, espera-se que as sanções venham a deprimir consideravelmente o crescimento económico global.

Espera-se uma queda de 1,5 MBPD nas exportações de petróleo e uma queda de 1 MBPD nas exportações de derivados da Rússia. Prevê-se ainda uma redução de 1,1 MBPD no rendimento das refinarias russas, dos quais 240 KBPD serão compensados por aumentos em outras áreas. Nas últimas semanas, as companhias petrolíferas ocidentais abandonaram as joint ventures e parcerias na Rússia, e pararam novos projectos. Além disso, casas comerciais e companhias marítimas têm evitado exportar os seus produtos para a Rússia. A União Europeia também anunciou a proibição do investimento na indústria energética russa. 

A Rússia produziu cerca de 10 MBPD, exportando aproximadamente metade desse montante, antes da invasão à Ucrânia. Com o cenário actual, o país poderá perder até 30% desse volume produzido.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes