Quarta-feira, Setembro 28, 2022

Produção de Petróleo da Rússia Aumenta 5% em Junho

Must read

A produção de petróleo bruto e condensados da Rússia registou um aumento de 5% no mês de Junho, representando um incremento de aproximadamente 600 KBPD em relação ao mês de Maio, atingindo  uma média diária de 10,7 MBPD. Embora os níveis reportados também incluam a produção dos condensados que não está incluída na quota de produção da OPEP+, as autoridades russas não reportam separadamente da produção de crude, uma vez que se estima que a Rússia produz cerca de 800 KBPD a 900 KBPD de condensados.  

Ainda assim, o nível de produção de petróleo da Rússia em Junho esteve abaixo da média alcançada em Janeiro e Fevereiro, em que se registou uma produção em torno dos 11 MBPD, antes da invasão russa à Ucrânia e do embargo em massa do petróleo bruto russo no Ocidente. Todas as empresas russas conseguiram estabilizar a produção de petróleo, depois de registarem declínios em Abril e Maio, sendo que a  Rosneft teve um incremento de 15%. As operadoras que detêm contratos de partilha de produção continuam a verificar um declínio na produção, um exemplo é o projecto Sakhalin-1, onde a produção esteve abaixo da média por um período prolongado.  

As exportações de petróleo russo caíram 3,3% em Junho, enquanto a demanda interna de refino tem aumentado sazonalmente. As sanções ocidentais continuam a prejudicar a produção e as exportações de petróleo russo, apesar da Rússia estar a exportar volumes recordes de crude  para a China e a Índia.  

A produção russa deve diminuir de 11,3 MBPD no 1º trimestre de 2022 para 9,3 MBPD no último trimestre de 2023, como resultado do embargo da UE às importações de petróleo bruto e produtos refinados.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes