Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

Produção de Petróleo da Saudi Aramco Poderá Atingir 13 MBPD em 2025

A petrolífera estatal saudita, Saudi Aramco, pretende aumentar a sua capacidade de produção dos atuais 12 MBPD para cerca de 12,55 MBPD até 2025, com o intuito de alcançar a sua capacidade maxima sustentável de 13 MBPD na próxima década.

A Saudi Aramco tem os recursos necessários para expandir sua capacidade máxima sustentável para mais de 13 MBPD, devido às suas reservas de aproximadamente 260 biliões de barris. O trabalho de engenharia para aumentar a produção nos campos de Marjan e Berri encontra-se na fase final. Estes projectos devem adicionar um volume de produção de 300 KBPD e 250 KBPD, respectivamente, até 2025.

No 2º trimestre do corrente ano, a Aramco concluiu também o incremento de Ain Dar e Farzan, visando reservatórios secundários que irão adicionar um volume adicional na  produção de 175 KBPD. A Aramco está a aumentar sua capacidade de produção de petróleo em uma fase que a maioria das majors petrolíferas estão a restringir os seus investimentos e desenvolvimentos futuros em novos incrementos como parte de suas políticas de transição energética. As despesas de capital da Aramco em 2021 devem chegar a $35 biliões, acima dos $26,9 biliões investidos em 2020.

A petrolífera saudita começou a trabalhar recentemente na expansão de sua capacidade máxima sustentável, porque será necessária a longo prazo e levará tempo para desenvolver um suprimento extra para o mercado. A Aramco também precisa de capacidade extra para alimentar seus futuros projectos ligados à petroquímica e outros projectos que a empresa possa vir desenvolver.

O lucro da empresa quadruplicou no 2º trimestre de 2021, para cerca de $26 biliões devido aos preços mais  altos do petróleo e a melhoria na demanda global. No entanto, sua produção de petróleo caiu 7,5% para uma média de 8,6 MBPD e a produção total de hidrocarbonetos teve uma queda de 8% para 11,7 MBPD devido aos cortes da OPEP+ em vigor.

Por outro lado, a empresa continua comprometida com a transição energética global e tem as energias renováveis como um complemento aos seus próprios produtos energéticos, apoiada por vastos recursos solares e eólicos do reino. A petrolífera está actualmente a avaliar potenciais projectos com parceiros para investirem em energias renováveis.

As despesas de capital para o upstream aumentaram 5,6%, para $ 5,4 biliões no 2º trimestre de 2021, à medida que a empresa continua a aumentar os programas de desenvolvimento e perfuração, enquanto que as despesas de capital para o downstream para o mesmo período aumentaram em torno de 80% para $1,97 bilião, principalmente devido à consolidação das despesas de capital da Saudi Basic Industries Corp. e várias actualizações em projectos, incluindo o Sistema de Gás Mestre. Em 2020, a Aramco adquiriu 70% da SABIC, empresa fabricante de produtos químicos.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes