Terça-feira, Agosto 9, 2022

Springfield Revela os Volumes da Descoberta no Gana

Must read

A empresa ganense Springfield e seus parceiros GNPC E GNPC EXPLORCO, anunciaram oficialmente uma descoberta significativa de petróleo do poço Afina-1  após a campanha de perfuração do Cabo Ocidental (WCTP) Bloco 2, no offshore do Gana. 

Dizia-se que a descoberta era a maior que jubileu, a maior do Gana até agora. No mesmo mês, Springfield havia concluído as suas actividades de perfuração em águas profundas em offshore, no entanto, a empresa não havia divulgado o tamanho da descoberta. 

Esta revelação foi feita apenas a 11 de Dezembro, o poço Afina-1, localizado a uma profundidade de água de 1030 m foi perfurado a uma profundidade total de 4085 m e com uma descoberta de petróleo leve com espessura bruta de 65 m. 

O alvo secundário nas areias da era turoniana foi perfurado na borda da estrutura e foram descobertos 10 metros de areias que continham hidrocarbonetos, consistindo em petróleo e gás leve. A Springfield anunciou que foram descobertos mais do que o dobro do previsto volume de petróleo para 1,5 bilião de barris e de 0,7 tcf de gás. 

O potencial actual não descoberto do bloco é estimado em mais de 3 biliões de barris de petróleo e gás, em prospectos de várias unidades de reservatórios comprovados. 

Actualmente, a Springfield é a operadora e accionista maioritária (84%) do bloco WCTP 2, com a GNPC Explorco com as participações restantes. Com essa descoberta, é vinculada a visão da Springfield de se tornar num dos principais players africanos no upstream, a alta prospectividade das bacias sedimentares do Gana e a capacidade ganense de execução dada a oportunidade. (Offshoreenergytoday).

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes