Domingo, Outubro 2, 2022

Total Escolhe Maersk Drilling para Perfurar em Profundidade Recorde no Offshore de Angola

Must read

A Total, maior empresa petrolífera francesa  seleccionou um navio de perfuração que pertencente a Maersk Drilling para perfurar aquele que se diz ser um recorde mundial de profundidade de água da campanha de perfuração Angola-Namíbia.  

A Maersk Drilling recebeu os contractos para um projecto de perfuração de exploração de 3 poços pela Total E&P Angola bloco 32, 48 e a Namíbia B.V com o navio de 7ª geração Maersk Voyager. 

A Maersk Voyager será empregada no exterior de Angola e  Namíbia para uma campanha que inclui a profundidade de água mais profunda já perfurada no exterior. 

O projecto inclui 2 poços offshore Angola nos blocos 32 e 48, as actividades estão previstas para começar em Janeiro de 2020, com uma duração estimada de 240 dias. 

O valor total dos contractos firmes é de aproximadamente $46,3 milhões, incluindo uma taxa de mobilização. Os contratos incluem duas opções adicionais de um poço. 

O poço no bloco 48 offshore Angola será perfurado em um novo recorde mundial de uma lâmina de água de 3.628 m, de acordo com a empreiteira de perfuração, o actual recorde mundial é de 3.400 m, estabelecido pela sonda gêmea da Maersk Voyager, a Maersk venturer, quando perfurou o poço Raya 1 para a Total offshore Uruguay em 2016. 

O Maersk Voyager é um navio de perfuração de águas ultra profundas com alta especificação, entregue em 2014. Recentemente realizou a sua pesquisa periódica especial agendada em Walvis Bay, Namíbia, após concluir as campanhas no Gana e na Guiné Equatorial em 2019. Offshoreenergytoday.

- Advertisement -spot_img

Mais Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes