Sexta-feira, Dezembro 9, 2022

Must read

- Publicidade -spot_img

Mais Artigos

TotalEnergies Contrata Yinson Para FPSO do Bloco 20/21 Offshore Angola

A companhia petrolífera francesa TotalEnergies escolheu o provedor de FPSO da Malásia Yinson para o projeto de engenharia de front-end preliminar (pré-FEED) para dois projetos de FPSO a serem instalados no Bloco 20/21 em Angola e no Bloco 58 no Suriname.

O projecto em Angola será instalado a cerca de 1.400 m, a cerca de 160 Km de Luanda, enquanto o projecto do Suriname será instalado a cerca de 2.000 m, a cerca de 150 Km de Paramaribo.  

O top-side do projecto será executado pela Technip Energies, parceira da Yinson para o pré-FEED. O pré-FEED proporcionará à TotalEnergies propostas técnicas e comerciais de locação e operação, incluindo soluções para redução de emissões, no prazo de 32 semanas a partir da data do contrato.

De acordo com o provedor do FPSO, o escritório da Yinson em Oslo executará o pré-FEED por uma taxa acordada por ambas as partes. O CEO da produção offshore da Yinson, Flemming Grønnegaard, informou que os prêmios pré-FEED foram os primeiros projectos de Yinson com a Total e acredita que eles marcaram o início de uma relação de trabalho frutífera e de longo prazo entre as duas partes. 

Espera-se que o pré-FEED crie maior valor para os projectos, concentrando-se na optimização da estratégia de desenho e execução. A Yinson está entusiasmada com esta oportunidade de demonstrar suas fortes capacidades técnicas e operacionais para a Total, um dos principais players mundiais da indústria de energia.

A Yinson encontra-se actualmente a construir uma FPSO para a Bacia de Campos na América do Sul e já opera em África desde 1995.

A TotalEnergies fez recentemente uma grande descoberta de petróleo no poço Kwaskwasi-1, perfurado na costa do Suriname, no Bloco 58. Esta é a terceira descoberta de petróleo no Bloco 58 localizado na costa do Suriname. A primeira foi feita no poço Maka Central-1 em janeiro de 2020 e a segunda no poço Sapakara West-1 no início de abril.

A FPSO da Bacia de Campos, em que Yinson está a trabalhar, foi denominada como FPSO Anna Nery, definida para o campo de petróleo Marlim 2 da Petrobras. O desenvolvimento mais recente na FPSO recai para o contrato entre a Yinson e o fornecedor austríaco de guindastes Palfinger para o fornecimento de guindastes, botes salva-vidas, um barco de resgate e turcos para a Anna Nery FPSO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes