Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Must read

Mais Artigos

TotalEnergies Faz Grande Descoberta de Petróleo no Offshore do Suriname

A TotalEnergies e a sua parceira APA Corporation fizeram uma grande descoberta de petróleo e gás associado no poço Krabdagu-1, na área central do Bloco 58, na costa do Suriname. A nova descoberta veio na sequência de 4 descobertas realizadas anteriormente na Bacia da Guiana-Suriname, nomeadamente Maka, Sapakara, Kwaskwasi e Keskesi.

As operações de teste de haste de perfuração serão realizadas agora no poço Krabdagu-1 para avaliar os recursos e a produtividade do mesmo, sendo que pelo menos mais 3 poços de exploração e avaliação estão projectados para serem perfurados ainda este ano no Bloco 58.

O poço foi perfurado numa lâmina de água de cerca de 725 m, tendo sido encontrado um total de 63 m de net pay de hidrocarbonetos, composto por 58 m de net black oil, volátil e gás pay em reservatórios Campano-Maastrichtianos de boa qualidade, juntamente com 5 m de net pay volátil de petróleo em reservatórios santonianos, onde o registo de perfilagem com fio acabou de ser realizado.

A supermajor francesa acredita que o sucesso do poço de exploração Krabdagu-1 representa uma adição significativa aos recursos descobertos na área central do Bloco 58, incentivando a companhia a continuar com a sua estratégia de exploração e avaliação deste prolífico Bloco 58, a fim de identificar recursos suficientes para até o final de 2022 arrancar com o 1º desenvolvimento de petróleo no offshore daquele país.

O Suriname espera alcançar o mesmo sucesso da Guiana em termos de volumes de hidrocarbonetos descobertos. De acordo com o US Geological Survey, a Bacia da Guiana-Suriname pode conter até 32,6 biliões de barris de recursos petrolíferos não descobertos, e estima-se que até o final de 2021, as descobertas de petróleo no offshore do Suriname estavam avaliadas em quase 2 biliões de barris de óleo recuperável.

A TotalEnergies é a operadora do Bloco 58 com 50% de participação em parceria com a APA Corporation que detém os restantes 50%. Em dezembro de 2019, a Total assinou um acordo com a Apache Corporation para adquirir 50% de participação e operação no bloco. A empresa assumiu a operação do bloco em 1º de janeiro de 2021.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais Recentes